A vida é uma obra aberta ou por que eu lembrei de Evaldo Braga


Existe gente séria pesquisando e  fazendo teoria sobre a música brega, não foi minha intenção, apenas lembrei de Evaldo Braga por causa dessa música:

Eu não sou lixo
Para você querer me enrolar
Eu não sou lixo
Pra você fora jogar meu bem
Você fez coisas

Que eu nunca hei de fazer
Só peço a Deus, amor
Que me faça te esquecer

… e tinha outra muito tocada nas rádios setentistas: Sorria, Sorria, Sorria . O rapaz teve uma biografia acidentada. Nasceu no Rio de Janeiro, foi deixado numa lata de lixo pela mãe. Resgatado, foi mandado para um orfanato, onde curiosamente cresceu junto ao futuro artilheiro, centroavante e dublê de beijar-flor, Dario Maravilha.

Idolo popular, Evaldo faleceu muito cedo em acidente de carro em 1973 na Br- 03.

nelson-ned-evaldo-braga1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: