Lima Barreto no MundoLivro


Gostos e implicâncias. Este é o mote desse blog. E tem clara inspiração, valiosa inspiração. Afonso Henriques de Lima Barreto, escritor, intelectual, negro, morador dos subúrbios do Rio de Janeiro do fim do século XIX. Suas letras navegavam entre uma visão aguda de um Brasil em transformação e as observações por vezes bem-humorada, por outras tristes do que o envolvia e do que o incomodava. Implicâncias.

Recordações do Escrivão Isaías Caminha (1909), Triste fim de Policarpo Quaresma (1915) ,Vida e Morte de M. J. Gonzaga de Sá (1919), Os bruzundangas (1923),  O cemitério dos vivos (memória – 1953), notáveis obras. Mas Lima Barreto foi uma identificação rápida na minha adolescência, inadaptação e feroz crítica, os descaminhos do homem que sabia javanês, a lucidez agônica de sua chegada nos cemitérios dos vivos, as analogias de uma país que sempre remonta às bruzudangas, as investidas contra uma sociedade que é vagarosa nas mudanças. Após mais de um século, Lima ainda nos fala aos ouvidos, como se tivesse vivo, nos subúrbios por perto.

Desde 2009 tocamos um projeto na Secretaria de Cultura de São Bernardo do Campo, chamado MundoLivro. A idéia é simples: convidar pessoas para falar sobre a sua experiência com a leitura, e nessa carona o convidado pode escolher um escritor em especial. Já passaram por aqui: Lourenço Mutarelli que escolheu William Burroughs, Carlos Felipe Moises falou de Mario de Andrade, Sergio Vaz de Pablo Neruda, Marcia Tiburi de Osman Lins, Aziz Ab’Saber sobre Graciliano Ramos, Paulo Lins falou de literatura e samba, Fernando Gonzales de Machado de Assis e HQ … entre outros. No meio desse caminho muito papo informal aconteceu, a conversa com a participação do público derivou para outros assuntos, cruzados ou não com literatura e vida.

Satisfação maior, sábado próximo, 26 de Março, a convidada é Lilia Moritz Schwarcz, e enfim, Lima Barreto. Quem sabe ela falará do romancista, do cronista, do jornalista, do homem que observou uma país em transformação, um país que queimava documentos para “apagar’ a escravidão, do Encilhamento, que se mutilava para parecer a França … fizemos questão de deixar em aberto. História e Literatura.

A maioria de nossos grandes escritores é homenageado em nomes de bibliotecas públicas, centros culturais, etc, porém, são raros os espaços que homenageiam Lima Barreto. Posso exagerar, mas não lembro, por ora, de nenhum. Quem sabe um dia eu possa criar uma Biblioteca Lima Barreto ou uma Sala de Leitura Bruzundangas? Vou tentar, mas sempre Lima estará perto, marcando presenças, nos gostos e nas implicâncias.

Onde: Biblioteca Monteiro Lobato

Rua Jurubatuba 1415 – Centro – São Bernardo do Campo

Tel: 4332-9698

Quando: Sábado (26?03/2011) – 15 hs


Anúncios
5 comentários
  1. Marcos Gomes Godinho disse:

    Faltam bibliotecas que homenageiem Lima Barreto, mas o samba recorda o mulato escritor.

    Unidos da Tijuca:samba-enredo 1982 – Lima Barreto – Mulato, Pobre, Mas Livre

    Vamos recordar Lima Barreto
    Mulato pobre, jornalista e escritor
    Figura destacada do romance social
    Que hoje laureamos neste Carnaval
    O mestiço que nasceu nesta cidade
    Traz tanta saudade em nossos corações
    Seus pensamentos, seus livros
    Suas idéias liberais
    Impressionante brado de amor pelos humildes
    Lutou contra a pobreza e a discriminação
    Admirável criador, ô ô ô ô
    De personagens imortais
    Mesmo sendo excelente escritor
    Inocente, Barreto não sabia
    Que o talento banhado pela cor
    Não pisava o chão da Academia
    Vencido pela dor de uma tragédia
    Que cobria de tristeza a sua vida
    Entregou-se à bebida
    Aumentando o seu sofrer
    Sem amor, sem carinho
    Esquecido morreu na solidão (bis)
    Lima Barreto
    Este seu povo quer falar só de você (bis)
    A sua vida, sua obra é o nosso enredo
    E agora canta em louvor e gratidão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: