“We’ve only just begun” (para Rubão e Sonia)


We’ve only just begun to live
White lace and promises
A kiss for luck and were on our way
We’ve only just begun

Meados da década de 70 e a música já incensava tudo na minha vida. Os LPs eram protagonistas, andar com eles debaixo do braço na rua, identificava alguém como roqueiro, romântico ou sambista. Minha irmã namorava um cara que não se enquadrava, mas andava com os lps embaixo do braço.

O meu então quase cunhado era (é) um tipo musical inclassificável. Sempre gostou do que lhe vinha na cabeça. E tome Bert Kaempfert, Ray Conniff, Burt Bacharach, Lobo, Neil Diamond, Paul Mauriat, música alemã… The Carpenters.

Sete, sete e meia, ele parava o DKW, Gordini ou Opala em frente de casa, entrava. Eu com seis, sete anos, ia “segurar vela” (pasmem, isso existia) na sala, ao lado dos pombinhos. Eu dormia sentado e mal sabia que aquelas músicas iam grudar na minha cabeça. Fixadas entre sonhos, sonos e sobressaltos de criança. E uma vida toda para viver. Exercício de paciência do cunhado, de trazer álbuns todos os dias e aguentar um gordinho mala segurando vela.

Logo, fui descobrindo outras músicas e outros universos. Até hoje brigamos, eu e o Rubão (o tal cunhado de tantos anos) sobre músicas e gostos. Turrões, não admitimos que as coleções musicais de ambos, influenciaram o outro. Lá se vão trinta e tantos anos do início do namoro, no final do ano (dezembro) eles fazem trinta e quatro anos de casamento.

Tudo a ver com a minha história musical.

Roger Nichols e Paul Williams compuseram “We’ve Only Just Begun” que os irmãos Carpenters gravaram e tornaram sucesso. Reza a lenda que Richard (Carpenter) ouviu a canção num comercial de TV e já quis gravar.  A dupla de compositores nem a tinha completa, era só um trilhazinha, um jingle. Finalizaram. Virou musica contumaz em casamentos e um grande hit pop.

Rubens e Sonia homenageados por uma das músicas que povoou minha vida nos anos 70. Em sete tempos (como a minha idade à época e o horário diário de início do namoro).

Algumas versões eu tenho certeza que o Rubão vai odiar…rs …para todos os gostos…

Anúncios
3 comentários
  1. stemamo disse:

    ahahah que loko! A versão do Ramsey Lewis dá pra ouvir. Acho que pra quem nasceu praticamente nos anos 80 fica difícil gostar dessa música. Esse post foi legal demais, o kbeça e o klaxon travando batalhas por causa da música! Geralmente o Neil Diamond é o estopim. Ainda mais quand o Klaxon se utilizava de artimanhas escusas, pedindo pro próprio sobrinho encher o cunhado com cantorias ridículas! ahahahahaha abs!

  2. Sonia disse:

    Me senti realmente homenageada, esta música é linda. Marca uma fase importante em nossas vidas.
    No final do ano serão 34 anos de casamento, e quase 40 anos ouvindo esta e muitas outras músicas que me acompanham.
    Como você disse uma família musical, e agora além das músicas do marido Rubão, tem as do irmão Klaxon, e dos filhos Stemamo e Dj Binho.
    Gostos variados, mas todos com muito bom gosto.
    Assim, formei o meu próprio repertório de favoritas.
    Um grande beijo e obrigada

  3. Rubens disse:

    > Esta época era realmente boa e rica em músicas. Não estou sendo saudosista não, pois hoje temos que garimpar muito para ter algo de valor. Na lista de intérpretes faltou mencionar dois mestres Peter Yarrow (do trio Peter, Paul and Mary) e o grande Elton John. Embora você tenha segurado a vela, aqueles momentos são inesquecíveis e sou sincero em lhe dizer que ‘muita música’ que ouço hoje e sou apaixonado, foi graças a você como, Xymox, Cocteau, Stranglers, todos maravilhosos. Fiquei muito contente com sua postagem. Grande abraço do Kbeça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: