Os anos na biblioteca


Não concebo passar tantos anos em biblioteca sem pinçar pedaços de pedaços da vasta literatura. Vejo livros de lado, às vezes abro, (re)descubro livros, palavras, trechos, versos, completos, incompletos. Abro livros que me usam para que sejam lembrados depois, colo livros na memória, esqueço livros. Mas as palavras se misturam todas. Para não ter o pedantismo de citar o livro fica para que compartilhemos. Lembramos da palavra dos livros, mas não nos arvoremos da quantidade, do acúmulo. Livro lido compartilhado para todos. Não concebo trabalhar em biblioteca tantos anos sem pinçar a vida.

Já era, dormir…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: