“Kevin Ayers 1945-2013”


People say that they want to be free
They look at him and they look at me
But it’s only themselves they’re wanting to see
And everybody knows about it

Songs for Insane Times – Kevin Ayers

Kevin Ayers foi um dos fundadores do Soft Machine ao lado de David Aellen e Robert Wyatt. Cantor, compositor, figura expoente na cena de Canterbury, faleceu na madrugada de 19 de fevereiro de 2013. Ele nasceu na Austrália, viveu por um tempo na Malásia e logo foi para a região de Canterbury, Condado de Kent, Inglaterra, onde em meados da década de 60, estudou e entrou na música.

Kevin perambulou por bandas e por terras da Europa escapando de todo comodismo que o negócio rock poderia lhe proporcionar. Quando enxergava estagnação pulava fora para algum projeto mais instigante. E foi neste estrada que bulinou com o folk, jazz, psicodelia, protoprog e pisou em muitos territórios híbridos que não podem e nem devem ser catalogados. A palavra inconformista caberia muito bem em sua carreira.

Um inconformista na música e na poesia que o acompanhava, Kevin foi uma espécie de Syd Barret que conseguiu mais anos de atividade e sanidade. Não é à toa que os dois dividiam o palco do clube “UFO” em Londres, nas memoráveis e ácidas noites da efervescência (literal) psicódelica. Syd à frente do Pink Floyd e ele com o Soft Machine.

Boa viagem, camarada.

kevin-ayers-hyde-pk

Anúncios
1 comentário
  1. Vera Pereira disse:

    Que tristeza não o ter conhecido antes, ainda em vida. Mas agora conheço, e é o que vale. Vou procurar no YouTube.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: