“Eu olho em volta e só vejo pegadas”


Fui procurar fotos de Genival Cassiano dos Santos para fazer um montagem e postar no Instagram. Tenho essa mania quase adolescente, monto um pequeno mosaico com quatro fotos, tenho preferencia por fotos preto e branco, uso um aplicativo e logo após mando pra rede. Tive dificuldade de achar foto dele no google, com muito custo fiz o mosaico.

Mas quem é Genival Cassiano dos Santos?

Genival nasceu em Campina Grande, Paraíba,  em 1943, muito jovem veio com a família para o Rio de Janeiro, e a historia o levou para o caminho de todo nordestino que descia ao sul, trabalhar no braçal, construção civil, as cidades que se erguiam no Brasil. Mas ele tinha outros planos, soul, samba canção, harmonias vocais e as batidas no violão tomaram lugar e vez.

Genival montou com seu irmão (Camarão) um grupo vocal chamado “Os Diagonais”, era 1964, e eles seguiam na rabeira da bossa nova, circuito de shows Rio adentro. Lançaram compactos, e em 1971, um álbum sem o Genival, mas não virou.

Genival se transforma, enfim, em Cassiano no início da década de 70, vai tocar guitarra na gravação do primeiro disco de Sebastião Rodrigues Maia e de quebra, emplaca duas composições na bolacha: “Eu amo você” e ” Primavera”. O “soul brasileiro’ teve vários nascimentos, mas podemos dizer que naquele momento ele se lapidava.

Um pulo de Cassiano na cena musical: de “sideman” do Tim Maia para o primeiro disco “Imagem e Som” foi rápido. Vocais sofisticados, boas harmônias e a levada de quem ouviu muita música na rádio, sonhou e foi pras cabeças com o violão e idéias. Objeto direto, o soul brasileiro nasceu sem glamour, como tudo que é de verdade.

Foram mais dois álbuns na década de 70: em 1973 gravou “Apresentamos Nosso Cassiano” em 1976 “Cuban Soul”. Músicas como “Coleção”, “A Lua e Eu”, “Ana”, Cedo Ou Tarde”, bem conhecidas ou menos. Sucesso popular não faltou a Cassiano, a carreira foi errática naqueles anos de conturbação.

No final dos anos 70 com problemas de saúde, perdeu um pulmão, Cassiano sumiu da cena musical. Por onde andou na ausência? Segundo ele mesmo, não deixou de compor, de ficar ligado em música, mas na vida mundana e comercial não aparecia.

Em 1991 era moda lançar tributos sacados por produtores. Liber Gadelha, músico e produtor chamou uns estrelados (Marisa Monte, Ed Motta, Luiz Melodia, Marisa Monte, Djavan) que junto com Cassiano registraram “Cedo ou Tarde”, no recheio as músicas conhecidas e relativamente conhecidas do paraibano.

Cassiano continua sendo lembrado, regravado, remixado, enaltecido, gravou com os Racionais MCs, vez ou outra alguém o cita em entrevista, em 2001 iria voltar ao disco com a produção de William Magalhães da Banda Black Rio, fez até participações em apresentações deles, não virou.

Cassiano é assim, some e aparece, nem sempre por opção, quando falamos no seu nome as pessoas costumam estranhar a referência e ai então você canta:

“Mais um ano se passou
 E nem sequer ouvi falar seu nome, a lua e eu
 Caminhando pela estrada
 Eu olho em volta e só vejo pegadas”

…e Genival passa a ser Cassiano no olhar de quem não conhece, compositor, artífice do soul brasileiro, direto, popular e quase sem fotos.

foto (7)

Anúncios
2 comentários
  1. Ricardo,

    Como os milhares de “sem rostos” que não são das panelas, dos grupinhos. Grande post.

    Arnobio

  2. Romualdo disse:

    Prezado Ricardo,

    Sou administrador de uma página no Facebook que homenageia o Cassiano e compriendo muito bem sua dificuldade de achar fotos dele, mas na nossa página temos alguma imagens interessantes que podem te ajudar nesse seu trabalho.

    Quando puder dê uma passadinha por lá, sempre postamos curiosidades e músicas sobre o grande Genival.

    Grande abraço

    Link da páginano Facebook:https://www.facebook.com/pages/Cassiano/180409635324726?ref=hl

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: