“Meu time barroco”


Há tempos venho brincando com um termo sobre o meu time do coração: a Lusa é um time barroco. A “pérola irregular ou imperfeita”. Parece brincadeira, mas a Lusa é assim. O time das surpresas, que muitas vezes atravessa um corolário de derrotas e jornadas patéticas para desembocar em atitudes heroicas e surpreendentes. Nada mais barroco.

A Lusa não ganha títulos, mas alegra nos detalhes. Quando eu era menino não se virava bandeira, esse era o termo, escolhíamos um time e com eles seguiríamos por toda vida. Sina. Comigo foi assim.

A Lusa de Enéas, de Wilson Carrasco, Toninho, de Dener…Canindé vazio de noites frias, sempre minoria em estádios e com aquele travo de “quase deu” atravessado na garganta. Time não se larga na estrada. Sigo com meu time barroco, que hoje faz 93 anos.

Parabéns Lusa, na sua imperfeição e nas alegrias pequenas e bissextas que me proporciona.

poster-marinho-peres-portuguesa-de-desportos-1971-placar_MLB-F-3070774016_082012

Anúncios
1 comentário
  1. Grande Ricardo,

    Com a Lusa não se brinca, que declaração de amor verdadeira, sincera, pois é muito fácil declarar amor aos times vencedores, com títulos. Fiquei comovido.

    Arnobio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: