“Cultura Popular sem tutela”


O Brasil possui uma cultura popular profunda, que sobrevive longe da sombra paternalista e do vampirismo da indústria. Não é a cultura popular customizada pelas conveniências do bom gosto de classe ou pela tolerância ao bom selvagem. Este Brasil sobrevive não apenas numa memória fetichizada, mas na força de suas próprias contradições e adversidades. Não precisa de tutela, nem de legitimação.

E o Pinduca faz dançar e pensar…

Ô lêlê ô lalá
Misturei carimbó e siriá
Carimbó sirimbó é gostoso
É gostoso em Belém do Pará

pinduca

Anúncios
1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: