“Não existe dia perfeito”


You’re going to reap just what you sow

Lou Reed

Foram centenas de banda influenciadas por Lou Reed e The Velvet Underground, direta ou indiretamente. EM 1967 no lançamento do primeiro álbum, o VU chegou para contrariar com ruídos e letras barra pesada o mundo da flower power, do desbunde, do rock baseado no blues e do pop ensolarado. Não apontaram o fim do sonho, apenas disseram que ele poderia ser também um pesadelo.

Não é fácil cantar o escuro, o mal habitado, pode ter um preço alto.

Na carreira solo, o garoto do Brooklin alternou genialidades com momentos esquecíveis (o último foi a conversa mole que armou com o Metallica). A industria estipula seu preço e isso independe do lastro e do alcance.

Lou Reed pagou todos esses pedágios: dos excessos (amor, drogas e experimentos musicais), do sucesso (assédio e reverência) e da vida (intensa, com uma conta final que chegou de mansinho).

Não existe biografia perfeita no mundo do rock and rol, nem dias perfeitos, quando muito canções que falam de dias perfeitos.

reed

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: