“Breve comentário sobre o mérito”


“O grande sociólogo britânico Michael Young foi o primeiro a falar nos anos 60 da meritocracia, que é um velho ideal dos séculos XVIII e XIX. Young definia como um pesadelo todo país que fosse governador pela meritocracia. E é um pesadelo porque, neste caso, ninguém teria direito a protestar contra as diferenças. Se todas as diferenças estão fundadas sobre o mérito, aquele tem uma condição inferior a tem por culpa própria. Trata-se então de uma sociedade onde a crítica social não teria mais lugar.”

Pierre Rosanvallon – cientista político francês (em entrevista a Carta Capital em 2012)

Quando o candidato Aécio Neves fala de meritocracia como o melhor critério para gerir a maquina pública e avaliar servidores, o primeiro argumento (inclusive da esquerda) é que ele não tem mérito para defender tal formato.

Na minha opinião esse é o menor problema na fala de Aécio. Ora, será que a tal meritocracia é critério para avaliar indivíduos ou grupos dentro de uma sociedade calcada na desigualdade?

O critério de mérito não tende a privilegiar os indivíduos e/ou grupos que possuem melhores condições de vida e estrutura? A esquerda concorda com o critério de meritocracia?

Acredito que antes de contestar o mérito de Aécio, é preciso contestar o conceito de “mérito” usado para não cairmos em mais uma armadilha: a de jogar com as regras erradas um jogo que de saída nos prejudica.

Michael-Young-WEB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: