“O reuso do roteiro de 2013”


Em 2013 houve uma bateção de cabeça em ilações, teorias, especulações sobre as manifestações. A rua de direita, esquerda, legítima, distorcida, niilista, anti Dilma, etc. Entre louvações e desqualificações não se concluiu até hoje o que de fato ocorreu.

Três anos após e estamos novamente olhando para o mesmo fenômeno com uma diferença: a violência do Estado está mais organizada e dentro do seu padrão discricionário e repressor, mais eficiente.

A mesma espetacularização que ocorria em 2013 acontece agora, com a diferença que a medida da violência aumentou, a PM reprime as manifestações no seu início e com muito incisividade, os registros da repressão parecem se banalizar como adereços, as imagens, vídeos só confirmam o roteiro.

Por que a repressão aos jovens manifestantes do tarifa zero não causa a mesma repulsa da sociedade como causou a violência cometida com os estudantes da escolas ocupadas no ano passado? O brilho da resistência dos secundaristas, a sua vitória, não pode se perder no desvairo da pancadaria e da supressão de direitos.

Para o cidadão médio o Governo do Estado saiu novamente da condição de algoz para salvador, a PM é o fator de equilíbrio contra os vândalos, Haddad é o causador do mal de origem porque aumentou a tarifa, a iniciativa privada submerge.  Alckimim novamente voltou a sua invisibilidade contumaz. Roteiro perfeito.

O que fazer? Ficar culpando os black bocs? Desqualificar a causa da tarifa zero? Buscar uma negociação? Se for assim com quem negociar? Dar o status de normalidade à agressão do Estado a cidadãos que vão às ruas protestar?  O que não se pode fazer é deixar a coisa se alastrar como espetáculo onde o benefício maior é daqueles atores que pouco aparecem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: