“A desqualificação da política”


A foto abaixo registra um momento carinhoso da disputa de prévias do PSDB na zona leste paulistana. As correntes contrárias entre si, ligadas a Dória, Matarazzo e Tripoli coroando a festa da democracia. A folha de são paulo colocou na capa de hoje mais fotos e detalhes dessa refrega.
O que isso representa? Vocês acham que é mais um prova da isenção dos frias da barão de limeira? Que a crítica do diário paulistano às baixarias da política é suprapartidária?

Creio que não. O alvo é outro, o mais importante para a mídia, e esse é projeto de muitos anos, é a desqualificação da política e de todos os processos de aprofundamento democrático.

Participação no voto é uma etapa importante do processo político, mas não é a principal. O PSDB nunca fez prévias, na primeira feita o que fica em destaque é o momento baixaria, é um ponto a menos para a democracia e uma forma de corroborar com a frase “nenhum partido presta”. 

É o discurso da prevalência do privado sobre o público. O jornal do alto de sua “isenção” e “rigor” tripudia sobre o processo de participação e democracia partidária e de quebra ainda beneficia o candidato que apóia dentro do partido com essa desqualificação.

O fato de ser o PSDB é um mero detalhe e está longe de conotar qualquer isenção. Quanto mais desqualificado é o processo político mais fácil de manipulá-lo, distorcê-lo e rebaixa-lo.

  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: