#memeglobo


Todos somos quase nada diante do poder de uma rede globo. Qual atitude que podemos tomar para protestar diante dos desmandos de uma instituição que soma poderio político, economico e tecnologico? 

Digo isso inspirado no desabafo do Fernando Morais ontem aqui no facebook. Segundo ele única “arma” que a figura pública Fernando Morais teria contra o veículo é não falar mais mais com eles, seja através de entrevista, declaração ou depoimento. 

E pessoas comuns como nós, que não temos a projeção do jornalista, escritor e biógrafo, o que poderíamos fazer para boicotar a globo?

A primeira atitude, a mais evidente, poderia ser nunca mais sintonizar o canal principal ou qualquer um dos seus subprodutos (globonews, gnt, etc). Um outro modo seria não repercutir nas redes sociais memes e factóides derivados de qualquer programa da emissora, seja BBB, novela ou as idissiocrancias de seus atores e apresentadores ,ao fazer isso a gente acaba neutralizando qualquer hashtag revolucionária como #foraglobo #globonuncamais #globoéfedida e hipérboles do tipo.

Se você acha que isso é exagero, mordaça ou patrulha ideológica, então, é melhor relaxar e se integrar ao transe coletivo onde o JN, a novela, o bbb, a ana maria braga fazem parte do mesmo pacote. A única arma que o cidadão comum possui para boicotar um veículo como a globo é se desligando dela, audiência é tudo, o resto é palavra de ordem ou meme que apenas reforça a sociedade do espetáculo.

  

Anúncios
3 comentários
  1. Liu Sai Yam disse:

    Mano Ricardo, meu professor de música, acredite que eu tava fuçando uns arquivos antigos pra preservar dos humores deste meu pc meia-boca e me aparecem estas páginas modernistas. Navegar é preciso, mas desgrudar deste cais é impossível. Saudade, alegria, afeto, todas as anteriores. Salve tu e longa vida a esta maravilha.

    Reencontro feito, pode um pequeno auê? Adoro uma boa briguinha entre bróders e principalmente com quem a gente respeita. Então lá vai (com a sua permissão):

    O mesmo reparo que você faz ao F. Morais refaço a você: e quanto às pessoas comuns diferentes de nós? O “cidadão comum” a quem você se refere são vários e muitos cidadãos, com maior ou menor, e até mínimo, poder de fogo. Se você já esteve em repartições, hospitais, botecos e salas de espera pra qualquer finalidade, terá observado que se há uma tela de TV pra aliviar a espera, estará sintonizada na globo. Uma imensa maioria da população (mesmo em sampa e cidades mais “desenvolvidas”) não dispõe de tevês por assinatura, não cultiva o saudável hábito da leitura, nem se interessa por nenhuma atividade cultural mais enriquecedor (conscientizadora, nem pensar). Considerar este cidadão um alienado, conformista, cúmplice no crime de auto-entorpecimento, não me parece justo com ele. Quando negam ao cara qualquer outra opção, ele apelar à única opção é sobrevivência, recurso último a algum tipo de escape do cotidiano infernal, por distorcida, tosca e mentirosa que seja. Ele também não quer só comida, né? Sei que você não tá exigindo dele o nível de consciência suficiente pra apagar a tevê de sua (dele) vida, mas talvez esteja o enxergando pelos óculos com que F. Morais nos enxerga a nós.

    Era isso, sou prolixo mesmo e peço perdão. Só acho que é questão legal pra ser discuta. Aqui, que é espaço nobre. Lá no facebook não dá pra discutir porra nenhuma. A gente logo começa a gritar com o outro, haha.

    Abraço enorme, saudades pra valer.

  2. Liu, querido, nao ha solucao fora apagar a televisao, e a solucao é educacao + cultura, mario de andrade + paulo freire, desprezados e vulgarizados, mas fundamentais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: