“Incenso sabor Rio Tietê”


Alegar paúra à polarização e ao radicalismo é o modo certo e esperto para ficar em cima do muro nesses tempo ásperos.

E tem o personagem “muro da terceira era.”

“Em épocas de polarização” ou “para se afastar do radicalismo” o bicho grilo pós moderno usa algumas receitas básicas para fugir da turba extremada:

Semente de mostarda herz, meditação clean com filtro, chá de flor do lácio, namastê panteísta, poesia umbilical pós simbolista, rizoma apoplético, post rock indecifrável, escultura tridimensional enrugada.

Enquanto isso, camponês é assassinado, a constituição é rasgada, aluno apanha da polícia, bicicletas vermelhas são destruídas, o fascismo e a barbárie grassam e o edital tá ameaçado (nem isso tira o iluminado da poltrona).

O sujeito segue incólume dissipando tudo e aspirando o incenso sabor rio tietê, pois a arte é o reverso da barbárie…

tiete05_saneamento

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: