“Vem chegando a madrugada”


Noel Rosa de Oliveira foi um sambista do Salgueiro tão bom quanto seu xará mais famoso, do Estácio, o Noel de Medeiros Rosa.
Desde a década de 1930, ainda menino, o Noel do Salgueiro compunha seus sambas.

Na sua longa carreira que durou até a década de 1970 ele gravou apenas dois elepês. Longos hiatos muito comuns na história dos compositores populares.

Esse samba, foi gravado em 1966, ano em que nasci. Fala de uma madrugada, como essa de hoje que muita gente tá insone, tensa, esperando o sereno serenar…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: