arquivo

Arquivo mensal: agosto 2016

Por obrigação profissional estou nesse momento na Bienal do Livro acompanhando o debate “Retratos de Leitura no Brasil”. 
Concomitantemente, no Senado, a Presidenta eleita, Dilma Rousseff defende seu mandato que é solapado por aqueles que, entre outras perversidades, querem transformar o Brasil num “país não leitor”. 
E estão trabalhando forte para tal. 
No final da semana passada o Ilegítimo Ministro da Educação do governo solapador, Mendonça Filho, extinguiu o Programa Nacional de Alfabetização. Além disso, os solapadores trabalham fortemente para diminuir os investimentos na Educação. 
Ironicamente, o tal ministro do desmantalemento da educação, esteve na abertura dessa Bienal para apologizar livro e leitura. Como não associar uma coisa à outra?
Ouço no debate as palavras de pessoas honestas e dedicadas que acreditam no seu trabalho (alguns deles amigos próximos). Acredito nas pessoas, em suas ações e intenções, porém, o problema não está nas pessoas, sobretudo é um problema institucional e político. 
Não há possibilidade de um país leitor sem respeito à democracia e aos direitos coletivos. As palavras de Dilma Rousseff ecoam no meio da gritaria das crianças nos corredores da Bienal. Aqui, na sala de debates, esse híbrido de ruídos atravessa tudo.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: